Blood Money: Aborto Legalizado

16/11/2013 Aborto Nenhum comentário

Por Melissa Bergonso Prezados leitores, venho aqui ajudar na divulgação do filme curta-metragem chamado “Blood Money: Aborto Legalizado”. É muito importante que todos assistiam e divulguem o filme. O povo brasileiro precisa acordar e saber o que está por detrás da “luta” pró-abortista, no Brasil …..

Luto pela matança dos inocentes!

03/08/2013 Aborto 2 Comentários

Por Melissa Bergonso O corredor da morte para milhares de crianças foi aberto em 01 de Agosto de 2013, com a sanção da PLC 03/2013. De nada adiantaram as ligações e emails mandados à Presidente, pois, neste país, onde a democracia é apenas uma fábula, …..

Estatuto do Nascituro: um gol contra

20/05/2013 Aborto 4 Comentários

Por Melissa Bergonso Prezados leitores, Salve Maria! Para quem está acompanhando a questão do Estatuto do Nascituro, é importante ler dois textos que o Pe. Lodi escreveu recentemente: Aos amigos do “Brasil Sem Aborto” sobre o Estatuto do Nascituro e O gol contra do Estatuto do Nascituro. Há três …..

Notícias urgentes: Estatuto do Nascituro

18/04/2013 Aborto Nenhum comentário

Por Melissa Bergonso Prezados leitores, Salve Maria! Acabei de receber um link de um artigo do Deus lo Vult!, falando sobre o Estatuto do Nascituro que está para ser votado na Câmara dos Deputados. Esse projeto de lei seria votado esta semana, mas por causa de um …..

A anencefalia e o aborto: quem salvará nossas crianças?

13/04/2012 Aborto 11 Comentários

Por Melissa Bergonso Este não é um post feliz. Ontem a maioria dos Ministros do Supremo Tribunal Federal votaram a favor da descriminalização do aborto nos casos de anencefalia, com 8 votos contra 1. Fico pensando, se nem mais o Estado está provendo o bem dos …..

NÃO É SUA ESCOLHA

08/05/2011 Aborto 3 Comentários

Por Melissa Bergonso Leia o texto abaixo com muita atenção e temor ao Senhor: Fostes vós que plasmastes as entranhas de meu corpo, vós me tecestes no seio de minha mãe. Sede bendito por me haverdes feito de modo tão maravilhoso. Pelas vossas obras tão …..