Festa de São José (19 de Março)

Por Melissa Bergonso
São José e o Menino Jesus
Hoje a Igreja Católica comemora a Festa de São José. Este homem justo foi escolhido por Deus para ser o guardião de Maria Santíssima e pai nutrício de Nosso Senhor Jesus Cristo. Quanta santidade e dignidade não havia em São José para que Deus confiasse aos seus cuidados a Santíssima Virgem Maria e o próprio Menino Deus!? Não é à toa que a Igreja ensina que São José é um dos maiores Santos e que o declarou Seu Patrono!
São José foi um homem santo, foi virtuoso e exemplar em todas as coisas, cheio da graça de Deus e plenamente confiante na providência Divina. Este santo homem deve ser o modelo de todo homem, de todo pai, no seu trabalho, na sua modéstia e, especialmente, no seu temor e amor a Deus. Ah se todos os homens e todos os pais de família seguissem o modelo de São José, quantas famílias santas não teríamos? e quantos santos não nasceriam delas? 
Oremos neste dia de hoje para que São José, modelo de virtude e de autoridade paterna, possa interceder por todas as famílias, e, em especial, por todos os esposos e pais, para que eles possam zelar pelas suas esposas e filhos assim como São José zelou por Maria Santíssima e pelo Menino Jesus.
Deixo, abaixo, alguns links para leitura e meditação sobre este tão grande santo, o glorioso São José!
  • 19 de Março – Da festa de São José, esposo da Santíssima Virgem e protetor da Igreja (Catecismo Maior de São Pio X): “A Igreja celebra com particular solenidade a festa de São José porque ele foi um dos maiores Santos, esposo da Virgem Maria, pai adotivo de Jesus Cristo, e foi declarado Patrono da Igreja…”
  • A vida de São José: “O Glorioso São José era descendente direto dos grandes reis da tribo de Judá, e dos mais ilustres patriarcas; mas sua verdadeira glória consistiu em sua humildade e virtude. A história de sua vida não foi escrita por homens, mas suas ações principais foram registradas pelo próprio Espírito Santo…”
  • Da dignidade de São José, Esposo da Virgem Maria (Santo Afonso de Ligório): “Para formarmos uma ideia da dignidade de São José, basta ponderarmos que, na qualidade de esposo de Maria e chefe da sagrada Família, tinha verdadeiros direitos sobre a Mãe de Deus e seu divino Filho, que assumiram a obrigação de lhe obedecer, e lhe obedeceram em tudo. Quanto devemos, pois, honrar àquele a quem Deus honrou tanto! Quanto devemos confiar na eficácia de sua proteção! ― E tu, és-lhe realmente devoto?… Recorres prontamente a ele em tuas necessidades?…”
  • Viagem de São José e Maria Santíssima a Belém (Santo Afonso de Ligório): “Tendo Deus decretado que seu Filho nascesse do modo mais pobre e mais penoso, numa estrebaria, dispôs que César lançasse um decreto de recenseamento universal. Sabedor disso, perturbou-se São José na dúvida se levaria, ou não, Maria consigo. A Virgem, porém, animou-o, e com ele se pôs a caminho. Tomemos estes santos personagens como companheiros em nossa viagem para a eternidade…”
  • Festa de São José, Esposo da Virgem Maria – 19 de Março (Santo Afonso de Ligório): “Representemo-nos na casa de Nazaré para assistir à morte do santo Patriarca. É opinião bem fundada que São José morreu de puro amor a Deus; porque teve a sorte ditosa de ser assistido por Jesus e Maria, que, com as palavras de vida eterna, que lhe dirigiam alternadamente naquelas extremas, inflamavam-lhe o amor. Se desejamos morrer de morte tão plácida e suave, sem angústias e temores, sejamos muito devotos do grande Santo, imitemos-lhe as virtudes, particularmente o seu amor a Jesus e Maria…”
São José, rogai por nós e por todas as famílias!!