Salve, ó Virgem Maria, Mãe Aparecida, Senhora, Rainha e Padroeira do Brasil!

12/10/2012 Nossa Senhora Aparecida 13 Comentários
Por Melissa Bergonso
 
Hoje, 12 de Outubro, comemoramos o dia de Nossa Senhora Aparecida, Senhora, Rainha e Padroeira do Brasil, e nossa Mãe!!
 
Como é bom ter Maria Santíssima por Mãe! Nós, católicos, somos muito felizes. Infelizes são aqueles que A rejeitam, e mais infelizes ainda são os que A ofendem; estes, na realidade, são desgraçados. Como ousam injuriar Aquela que é toda pura e toda cheia de graça, escolhida por Deus para dar à luz ao Salvador? Nosso Senhor Jesus Cristo não deixará impune aqueles que ofendem Sua puríssima Mãe. Vamos aproveitar, então, neste dia de hoje, para também fazer atos de amor para Nossa Santíssima Mãe do Céu e atos de reparação por todas as injúrias e blasfêmias que são ditas contra Aquela que foi escolhida para ser Mãe de Deus. Rezemos especialmente o santo Rosário neste dia, oferecendo assim uma coroa de rosas à nossa Mãe querida.
 
Já que no Brasil hoje também se comemora o suposto “dia das crianças” [dia que beneficia somente o comércio com suas vendas exacerbadas e lucros exorbitantes, porque as crianças mesmo continuam vivendo num mundo que recusa amar e temer a Deus e que prega tudo quanto é tipo de ideologia a favor do materialismo e contra a moral e a família cristã], vamos rezar para que Nossa Senhora Aparecida interceda em favor de nossas crianças e que as guarde de todo o mal que este mundo insano tem vomitado, dia após dia, contra a inocência e a pureza de nossos filhos.
 

Abençoai, ó Rainha de amor e misericórdia, abençoai, defendei, salvai o vosso Brasil! Protegei a Santa Igreja, preservai a nossa fé, defendei o Santo Padre, assisti os nossos Bispos. Santificai o nosso clero, socorrei as nossas famílias, amparai o nosso povo, esclarecei o nosso governo, guiai a nossa gente no caminho do céu e da felicidade. (Extraído da oração de Consagração do Brasil a Nossa Senhora Aparecida)

Salve, ó Virgem Maria, Mãe Aparecida, Senhora, Rainha e Padroeira do Brasil!
 
Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós!

Comentários ( 13 )

  • Amém! sou católica minha família, toda é, meus pais são muitos devotos de Nossa Senhora, minha mãe ate fez promessa devido a primeira gravidez dela, que o foi o nascimento de minha irmã mais velha, tenho uma amiga, cuja família é evangélica, me falaram tanto da nossa santa, que eu fiquei muito triste, apesar de ser minha amiga eu não gostei, pois cada um tem sua religião e eu não costumo interferir, no que ninguém escolhe, mas hoje é dia de Nossa Senhora dia santo, e não deixarei de rezar a nossa mãe santíssima, adoro seu blog viu, sempre que posso venho leio e comento beijinhos!

    • Olá, Alessandra, Salve Maria!

      Os protestantes são infelizes por ofender Maria Santíssima. Eles serão cobrados severamente pelas injúrias e blasfêmias que proferem contra a Mãe de Deus.

      Que bom! Reze mesmo! Nossa Mãe do Céu ficará muito feliz e contente!

      Fico muito feliz que goste do meu blog!
      Obrigada pelo comentário, pela visita, e volte sempre!!
      Fica com Deus!!

    • É importante lembrar que isso não é uma generalização, conheço muitos protestantes que tem imenso respeito e até admiração pela mãe de Deus, só não acreditam que seja lícito rezar para ela, e que só se possa pedir a intercessão para Jesus, o que não configura desrespeito.
      Tenho convivência tranquila com todos eles, tendo todo respeito uns pelos outros, conheço aliás, graças a Deus, muito mais protestantes respeitosos e preocupados de coração em adorar, respeitar e seguir a Deus do que os “raivosos”.

  • Alguns podem ser, mas é importante não generalizar. Eu conheci alguns protestantes e até já frequentei o culto em 2 igrejas protestantes.
    Eles admiram e tem total respeito por Maria, apenas acreditam que o correto é pedir a interseção apenas de Jesus, por isso não julgam válido orar à Maria, o que não tem nada de desrespeitoso.
    Eu tinha muito preconceito com protestantes até começar a andar com alguns,e até em ocasiões distintas visitar a igreja deles. A verdade é que são mulheres em geral muito preocupadas com a modéstia, e pessoas que em geral tem um estudo bíblico muito bom e profundo mesmo, e de bom coração, adorando a Deus acima de tudo, além de mulheres em geral bem modestas.
    Claro que podem existir os “ofensores”, mas pelos que eu conheci, acredito que esses não sejam a maioria, talvez sejam a minoria mesmo.

    • Olá, Cynthia, Salve Maria!

      Devo discordar de você com relação ao “imenso respeito e admiração” que os protestantes supostamente têm pela Santíssima Virgem Maria, e digo isso por cinco razões: em primeiro lugar, eles não acreditam que Ela é a Mãe de Deus, e quando dizemos isso, eles blasfemam dizendo que Nossa Senhora foi uma mulher comum; em segundo lugar, eles não acreditam na virgindade perpétua de Maria Santíssima, e quando afirmamos isso eles blasfemam dizendo que Nossa Senhora teve mais filhos; em terceiro lugar, eles jamais recorrem a Nossa Senhora quando precisam de alguma graça ou intercessão, e quando dizemos que Ela é mediadora entre nós e Nosso Senhor Jesus Cristo eles blasfemam dizendo que não podemos pedir Sua intercessão dizendo que Ela é uma mulher como todas as outras, sem poder nenhum, e que devemos falar somente e diretamente com Deus; em quarto lugar, eles não acreditam que Nossa Senhora foi concebida sem pecado, e quando afirmamos isso eles blasfemam dizendo que ela foi uma pecadora como qualquer outra mulher; e em quinto lugar, os protestantes não acreditam que Nossa Senhora foi assunta ao céu em corpo e alma, e quando afirmamos isso, eles blasfemam dizendo que Ela morreu e seus restos mortais estão enterrados. Que tipo de respeito e admiração é essa que nega todas as grandezas inefáveis de Maria Santíssima? Pe. Markelbach, em seu livro de Mariologia, diz que pela dignidade da Mãe de Deus, pela exímia santidade e pelos ofícios que Nossa Senhora assumiu em relação a nós, devemos a Ela:

      1) veneração e reverência, por sua superioridade e excelência;
      2) confiança e invocação, porque é poderosa, misericordiosa e mediadora diante de Deus;
      3) amor filial, porque é Mãe de Deus e nossa mãe espiritual; e
      4) imitação de suas virtudes e de sua santidade.

      Os protestantes não fazem nenhuma dessas coisas, portanto, eles não têm o devido respeito e amor por ela, muito menos admiração. Eu posso dizer que convivo pacificamente com pessoas de outros credos na universidade, porém o simples fato de eles não tocarem no assunto não significa que eles respeitam Nossa Senhora. Basta dizer que somos filhos dEla para provocar a fúria de muitos e blasfêmias dos mais variados tipos. Não amar Nossa Senhora com amor devotado e filial já é a maior falta de respeito que uma pessoa que se diz cristã pode ter para com Ela, que é Mãe de Deus, Rainha do céu e nossa terna Mãe.

    • Outra coisa que devo lhe dizer é que você age muito mal ao frequentar cultos de igrejas protestantes. Eles são hereges, negam os dogmas de Fé e, portanto, estão afastados da verdadeira Fé, a única que salva, que é a Fé Católica. Conforme o Credo de Santo Atanásio: “Esta é a fé católica, e quem não a professar fiel e firmemente não se poderá salvar”, e no livro de Teologia Moral do Pe. Maryn, na parte que ele fala sobre o trato com os acatólicos, está escrito que: “Não é lícito aos fiéis assistir ativamente ou tomar parte, de qualquer modo que seja, nas funções sagradas dos acatólicos. […]. É suspeito de heresia o que espontaneamente e conscientemente ajudar de qualquer modo a propagação da heresia ou participa in divinis com os hereges […]”.

      Ao frequentar cultos protestantes, você está absorvendo suas heresias, e isso causa um dano tremendo à alma. Além do mais, é pecado grave frequentar cultos não católicos. O estudo bíblico protestante jamais pode ser bom, pois não ensina a verdade; o estudo bíblico deles é falho, falso, cheio de interpretações duvidosas e heréticas. O risco de absorver as heresias que eles pregam e se condenar por causa disso é muito grande; você não deveria frequentar esse tipo de ambiente, aliás, nenhum católico deveria frequentar. Se Pio XI, na Encíclica Mortalium Animos, já condena veementemente os cultos “ecumênicos”, quanto mais ele não condenaria um católico ao frequentar cultos heréticos (protestantes)?!

      Por favor, não tome minha resposta como algo ofensivo. Falo isto na caridade cristã e rogo para que o Espírito Santo ilumine sua mente e que você veja e busque a verdade com sinceridade de coração.

      Fica com Deus!

  • Anderson.

    Fui protestante e concordo com a blogueira. Não há respeito por Nossa Senhora. Depois de muitas críticas pela intolerância e fundamentalismo especialmente evangélico, começaram com uma histórinha de que respeitam Nossa Senhora ou que ela foi uma grande serva e alguns até mesmo lhe tomam por irmã em Cristo. Mas que ninguém se engane. Os evangélicos não toleram a Virgem Maria e não respeitam nem mesmo os seus próprios pares que deram início ao protestantismo. Lutero, Calvino, entre outros sempre defenderam a Virgem Maria e aceitavam sua intercessão. Calvino chamava de ignorantes que atribuísse irmãos carnais a Jesus. Evangélico não só desconsidera a Virgem Maria como debocha e lhe imputa filhos que não teve e apelidos como barriga de aluguel, mãe de aluguel, mulher pecadora, entre tantos outros. Da mesma forma, muitas vez assisti evangélicos chamarem São Sebastião de Tião, São Jorge de Jorginho, entre tantas outras situações. Como ex protestante posso assegurar que católico não frequenta culto protestante. Nem mesmo canta suas muúsicas que estão impregnadas de uma fé que não é a fé verdadeira e por vezes até mesmo tais músicas estão repletas de ataques ao catolicismo. Por 20 anos fui louco de deixar a verdaeira fé e a verdadeira igreja pelas seitas. Não cometam jamais este equívoco. Pela graça de DEUS o Bom Pastor foi me buscar de volta.

  • Foi Nossa Senhora Aparecida que me trouxe de volta ao catolicismo. Ainda protestante, minha esposa guardava uma imagem da Santíssima Virgem, tal como você exibe neste site e em visita de um grupo evangélico, fomos aconselhados a nos desfazermos da imagem. Assim eu fiz. Joguei fora. Alguns dias depois tive um sonho petubador. Sonhei com a Santíssima Virgem descendo escadas como se tivesse saindo da minha vida e ela chorava muito. Dali em diante, embora permanecendo protestante, comecei a orar a DEUS na forma protestante, sempre terminando com as palavras: “Em nome de Jesus”, para saber o que havia de verdade no catolicismo e na Virgem Maria. Foram quatro anos de oração. Meu único mérito foi ser sincero diante de DEUS e não procurar estar “certo”, mas ter a chance de ser salvo, ainda que isto significasse retroceder em minhas convicções. Até que aconteceu um dia ao abrir minha Bíblia e naquele momento ler uma passagem que já conhecia, mas naquele momento em especial me pareceu diferente. Dizia o Bom Pastor que iria recolher as ovelhas que estavam que estavam em outros pastos e que em breve seríamos um só rebanho sob o comando de um só pastor. E eu percebi que estava sendo chamado de volta. E não é só isto. Minha filha autista, mas que não é comprometida, fala, escreve, estuda, durante meses começava a dizer Roma, Roma, Roma, aparentemente sem sentido algum. Ela nunca esteve em Roma, não usamos tal palavra lá em casa, não temos qualquer ligação com a Itália. Enfim…era algo surpreendente que nos incomodava. Sentia que deveria retornar a Igreja Romana. Minha esposa onde quer que fosse se deparava com uma imagem da Santíssima Virgem. Parecia que estávamos sendo observados. Era irresistível. Retornei, estudei e percebi meus erros, enganos e quanto havia sido manipulado em função da minha própria soberba, auto suficência e pseudo leitura “correta” da Bíblia. Pela Graça de DEUS, hoje somos muito mais católicos do que éramos antes de nos tornarmos protestantes. Agradeço também aos irmãos protestantes que me ajudaram muito. Não tive por parte deles qualquer tipo de ação que pudesse condenar. O que não percebia e o que eles em grande maioria não percebem é que não existe a outra Igreja(Católica), mas a Igreja, única e que também é deles, feita para eles, comprada pelo sangue de Jesus para todos nós. Agradeço o espaço e a oportunidade de testemunhar o amor de Maria em minha vida.

    • Fico muito feliz por seu retorno ao Catolicismo! Quando uma pessoa busca a Verdade com sinceridade de coração, ela só pode voltar para a verdadeira e única Igreja de Cristo, que é a Igreja Católica.

      Que Nossa Senhora sempre lhe acompanhe, a você e sua família!

      Salve Maria Santíssima!!

  • Grato pelas palavras Melissa. Hoje sou devoto de Nossa Senhora do Carmo e porto o escapulário. Casei-me na igreja católica no dia 27 de novembro, dia de Nossa Senhora das Graças. Já era casado em templo protestante e fiz o meu casamento católico 2 anos atrás. Como era ex católico, não poderia ter casado em templo protestante sem a permissão do bispo. Somente ele poderia autorizar tal casamento fora do ambiente católico pelo poder que lhe foi conferido de ligar e desligar na terra. Ainda como católico quando criança, também fiz minha primeira comunhão em 27 de novembro. Portanto, minha ligação com a Santíssima mãe de DEUS é muito grande. Ela nunca me abandonou. Eu é que a desprezei por total e completa ignorância. Parabéns pelo site e pelo grande amor devotado a Santíssima Virgem. Hoje me dedico a pregar para os nossos irmãos separados, tarefa que posso garantir das mais duras. Todavia, o DEUS que nos chama é o mesmo que nos capacita. E eu só tenho que pregar. Ele convence. E quando isso acontece, não tem protestante que possa resistir. Fique na paz do nosso Senhor Jesus Cristo e salve Maria.

  • Estive duas semana atrás em Aparecida pela primeira vez. Lugar fantástico ! Fui agradecer por minha vida, por imensas vitórias em todas as áreas e pelo meu retorno a única Igreja de Jesus Cristo na terra. Salve Maria, mãe de DEUS !

Deixe uma resposta