Santíssimo Nome de Maria (12 de Setembro)

SS. Nome de MariaComo era costume entre os judeus, oito dias depois da Virgem Santíssima nascer, os seus pais deram-Lhe, inspirados por Deus, o nome de Maria. A liturgia, que celebra o Santíssimo Nome de Jesus poucos dias depois do Natal, instituiu esta festa ao Santo Nome de Maria dentro da Oitava da Natividade. A Espanha, por aprovação do Romano Pontífice, concedida em 1513, foi a primeira a celebrar esta festa. Inocêncio XI, em 1683, estendeu-a à Igreja Universal, em ação de graças pela vitória alcançada por João Sobieski, rei da Polônia, sobre os turcos que tinham cercado Viena e ameaçavam o Ocidente. O nome Maria, que é hebreu, quer dizer em português Senhora Soberana. E a Senhora é realmente Soberana, em virtude da soberania que Lhe foi conferida pelo Filho, Rei e Soberano do Universo. Chamemos a Maria Nossa Senhora, pelo mesmo título que chamamos a Jesus Nosso Senhor. Pronunciar o Seu nome é afirmar o seu domínio, implorar o seu auxílio e colocarmo-nos debaixo da sua proteção maternal.

Da Missa Festiva do SS. Nome de Maria:

Introito (Sl 44, 13-16): Curvar-te-ão diante de Ti os mais ricos do povo. As virgens serão apresentadas ao Rei depois dela. As suas companheiras ser-te-ão apresentadas com alegria e com júbilo. Saiu do meu coração uma palavra boa: consagrarei ao Rei todo o meu ser. Glória ao Pai.

Oratio: Concedei, Senhor onipotente, que, alegrando-nos com a proteção e o Nome da Santíssima Virgem, mereçamos, por sua intercessão maternal, ser livres de todos os males na Terra e alcançar a glória eterna no Céu. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Graduale: Bendita e venerável sois, Virgem Maria, que sem mácula concebestes e destes à luz o Salvador. Virgem Mãe de Deus, Aquele que o mundo inteiro não pode conter, em vosso ventre se encerrou para se fazer homem.

Aleluia: Depois do parto, ó Virgem, íntegra permanecestes. Ó Mãe de Deus, rogai por nós. Aleluia.

Evangelli: Ler Lucas 1, 26-38.

Offertorium (Luc 1, 28 e 42): Ave Maria cheia de graça. O Senhor é conVosco, bendita sois entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso Ventre.

Secreta: Que a Vossa misericórdia, Senhor, e a intercessão da Virgem Maria nos alcancem para a vida presente e para a eterna a posteridade e a paz. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Communio: Ditosas entranhas as da Virgem Maria, que foram dignas de acolher o Filho de Deus.

Postcommunio: Havendo recebido, Senhor, o socorro da salvação, fazei que sejamos sempre e em toda a parte defendidos pela proteção da Virgem Maria, em cuja honra oferecemos este sacrifício à Vossa majestade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.
Nossa Senhora Rainha
____________________ 
Missal Quotidiano e Vesperal: por Dom Gaspar Lefebvre. Bruges, 1951, p. 1611-1613.

Leia também:

Comentários ( 2 )

    • Olá, Cynthia! Salve Maria!

      Essa data é comemorada no calendário antigo (tridentino), cujo qual eu sigo, pois frequento as Missas Tridentinas. Não sei se no calendário novo incluíram essa festa (se não incluíram é uma pena, pois a festa do Santíssimo Nome de Maria é muito bonita e piedosa, e nos ajuda muito na devoção a Nossa Senhora!).

      Fica com Deus!!

Deixe uma resposta