Assunção de Nossa Senhora

Assunção de Nossa SenhoraPor Melissa Bergonso
 
Hoje, 15 de Agosto, é um dia de grande festa para nós, católicos, pois comemoramos a Festa da Assunção de Nossa Senhora! O Dogma da Assunção foi proclamado por Pio XII, em 1950, com as seguintes palavras:
 
“Pelo que, depois de termos dirigido a Deus repetidas súplicas, e de termos invocado a paz do Espírito de verdade, para glória de Deus onipotente que à virgem Maria concedeu a sua especial benevolência, para honra do seu Filho, Rei imortal dos séculos e triunfador do pecado e da morte, para aumento da glória da sua augusta mãe, e para gozo e júbilo de toda a Igreja, com a autoridade de nosso Senhor Jesus Cristo, dos bem-aventurados apóstolos s. Pedro e s. Paulo e com a nossa, pronunciamos, declaramos e definimos ser dogma divinamente revelado que: a imaculada Mãe de Deus, a sempre virgem Maria, terminado o curso da vida terrestre, foi assunta em corpo e alma à glória celestial. Pelo que, se alguém, o que Deus não permita, ousar, voluntariamente, negar ou pôr em dúvida esta nossa definição, saiba que naufraga na fé divina e católica”.[1]
 
O dia da Assunção é dia de preceito, ou seja, é obrigatório assistir à Missa, porém, no Brasil, foi transferido para o domingo próximo.
 
Para que este dia de festa seja mais rico, recomendo a leitura de uma bela meditação de Santo Afonso sobre a Festa da Assunção de Maria Santíssima.
 
Nós, católicos, amamos Nossa Senhora e hoje festejamos este dia com muita alegria. Porém, podemos alegrar muito mais Maria Santíssima rezando, diariamente, o santo Terço ou o santo Rosário em família. Que tal dar este belo presente à nossa querida Mãe do Céu hoje e também todos os dias? ☺
 
—————
[1] PIO XII. Constituição Apostólica Munificentissimus Deus: definição do Dogma da Assunção de Nossa Senhora em corpo e alma ao Céu, 1950.