Altar de São José

Por Melissa Bergonso
 
altarsaojose1Você conhece a tradição do Altar de São José?? Eu tomei conhecimento há alguns dias atrás, através da minha comadre. A história do Altar é muito interessante e você pode fazer em casa para comemorar a Festa deste tão grande Santo, que mereceu a honra de ser Pai adotivo de Nosso Senhor Jesus Cristo!
 
História
 
O Altar de São José é de origem Siciliana. Conta a história que houve uma grande seca na ilha, a tal ponto que os caules de trigo secaram e quebravam sob os pés dos pobres agricultores, que caminhavam pelos solos estéreis. Tudo o que restou foi apenas um mar de poeira e de videiras secas, em um solo que uma vez já tinha sido farto de frutos e vegetais vistosos e coloridos.
 
Eis que então, durante uma terrível fome, o povo da Sicília implorou a São José, seu Patrono, por auxílio e socorro, pois não havia chuva para irrigar as plantações que sustentavam os habitantes da ilha. Para a glória de Deus, São José atendeu suas preces, então os céus se abriram enviando chuva vivificante, e a fome cessou. Algum tempo depois, para mostrar sua gratidão para com o Santo Padroeiro, as pessoas prepararam uma mesa com alimentos que haviam abundantemente colhido e, depois de prestarem homenagem a São José, distribuíram a comida para os menos afortunados.
 
Montando o Altar de São José
 
altarsaojose2O Altar de São José é feito em três níveis, que representam a Santíssima Trindade e também a Sagrada Família. Estes níveis podem ser montados com caixas, umas sobre as outras, sempre deixando a caixa maior na base, ou também adaptando uma mesa com mais dois níveis em cima.
 
O Altar deve ser coberto com uma toalha branca e no seu topo deve ser colocada uma imagem de São José. Caso você não a tenha, você pode colocar um retrato ou uma pintura de São José, que pode ser rodeada por flores, hortaliças e frutas.
 
O Altar de São José também é decorado com vários tipos de comidas, porém, segundo a tradição, não se prepara nenhum prato com carne para colocar sobre o Altar. Em primeiro lugar, isto se faz porque a Festa de São José cai na Quaresma, e em segundo lugar, porque a carne era uma raridade para os camponeses sicilianos.
 
Segundo a tradição do Altar de São José, é costume fazer pães, bolos e biscoitos em formatos de símbolos cristãos para decorar o Altar. Você pode fazê-los na forma de hostensórios, cálices, cruzes, pombas, cordeiros, peixes, bíblias, corações, coroas e palmas. Outros símbolos de São José também são utilizados, como lírios, cajados, sandálias, escadas, serras, martelos e pregos. Muitos dos itens colocados sobre o Altar possuem simbolismos, como por exemplo: a farinha de rosca, que representa o pó de serra de São José, o Carpinteiro; os doze peixes inteiros, que representam os apóstolos; e o vinho, que é símbolo do milagre de Caná.
 
Petição e ação de graças
 
O Altar de São José é um meio de petição e ação de graças. Como meio de petição, você pode fazer pedidos a São José, escrevê-los em pedacinhos de papéis e colocá-los sobre o Altar dentro de cestinhas. Sobre o Altar de São José também podem ser colocadas fotos de parentes e amigos falecidos, para quem você queira oferecer orações e sacrifícios.
 
Como o Altar de São José também é um meio de ação de graças, você pode destinar cestinhas dentro das quais podem ser colocados, escritos também em papeizinhos, os agradecimentos por graças já recebidas através da intercessão de São José.
 
Lembrancinhas
 
Você pode presentear aqueles que visitam o Altar de São José em sua casa com pequenos pacotinhos de papel contendo alguns itens bentos do Altar (é ideal que você leve estes itens para um padre benzer). Os saquinhos podem conter um santinho de São José e uma medalhinha. Cada pacotinho também pode conter pães e biscoitos.
 
É costume colocar favas no saquinho de guloseimas. Na Sicília, a fava era forragem para o gado. Conta-se que durante uma grande fome, as pessoas tiveram que comê-la para poderem sobreviver, e por terem as favas para se alimentar foram consideradas “sortudas”. Por este motivo, a fava é conhecida também como um “feijão da sorte”. A fava serve também como um símbolo do Altar, pois é um lembrete das provisões de Deus através da intercessão de São José.
 
Tradição: Doação dos itens do Altar de São José
 
Seguindo o exemplo do povo siciliano, é tradição também doar os alimentos que se colocam sobre o Altar de São José montado em nossa casa. Você pode doá-los para uma instituição de caridade ou para uma família necessitada que você conheça, no dia 19 de março, que é o dia da Festa de São José.
 
Faça você também o seu Altar de São José! Esta é uma tradição muito rica e linda, ajuda a afervorar nossa devoção a este grande Santo e a também sermos caridosos com nosso próximo!
 
Fotos do Altar
 
Mais fotos do Altar de São José podem ser vistas nos seguintes blogs: A Slice of Smith Life, Catholic Icing, Homeschool Goodies, The Pious Sodality of Church Ladies e The Virtual St. Joseph Altar Blog. Inspire-se e faça o seu!! Se eu conseguir fazer um bonitinho, segunda-feira posto a foto!
 
São José, Pai nutrício de Nosso Senhor Jesus Cristo, rogai por nós!!
 
—————
Notas:
 
Para montar o texto deste artigo, eu traduzi e adaptei algumas partes dos textos dos blogs A Slice of Smith Life, Catholic Icing e Virtual St. Joseph Altar. Outras partes eu também acrescentei e complementei por conta própria.
 
As Imagens utilizadas neste post foram gentilmente cedidas pelas donas dos blogs A Slice of Smith Life e The Virtual St. Joseph Altar Blog, às quais agradeço muitíssimo!
 


Este artigo foi originalmente publicado no Mulher Católica. Se você estiver lendo-o em outro blog ou site, trata-se de plágio e de violação dos direitos autorais. Por favor, entre em contato e comunique-me. Obrigada.

Comentários ( 4 )

Deixe uma resposta