Vigília de oração nos dias de Carnaval

13/02/2012 Vida Espiritual 2 Comentários
Por Melissa Bergonso
 
O carnaval está chegando e com ele toda a espécie de imundícies e de pecados também. Nosso Senhor, nestes desgraçados dias, é demasiadamente ultrajado e ofendido. Para nós, católicos, os dias de carnaval são dias de luto, pois Deus é escarnecido!
 
Tendo em vista tanta ofensa que Nosso Senhor receberá, a Nívea, do blog A alegria da minha juventude, está fazendo um mutirão de oração. Quem quiser participar entre em contato com ela através deste post e agende um horário fixo, durante estes cinco dias de festanças infernais, para rezar em desagravo pelos pecados e ofensas que Nosso Senhor receberá no carnaval.
 
Neste tempo mais do que em qualquer outro, veem-se tantas desordens em muitos cristãos por maldade do demônio, que, desejando contrariar os desígnios da Igreja, faz seus maiores esforços para levar os cristãos a viver segundo os ditamos do mundo e da carne.[1]
 
Aos que estão promovendo o “Folia com Cristo”, gostaria de dizer o seguinte: Jesus não estava em folia enquanto era chicoteado, enquanto carregava sua pesada Cruz e quando foi pregado nela. Quem fez folia foram aqueles que gritaram: “Crucifica-O, crucifica-O!”
 
Para nos conformarmos com os desígnios da Igreja no tempo do carnaval, devemos afastar-nos dos espetáculos e divertimentos perigosos, e aplicar-nos com maior diligência à oração e à mortificação, fazendo alguma visita extraordinária ao Santíssimo Sacramento, sobretudo quando está exposto à adoração pública; e isto para reparar as grandes desordens com que Deus é ofendido neste tempo.[2]
 
Portanto, o melhor que se tem a fazer nestes dias não é fazer brincadeiras ao som de axé e samba com “letras pseudo-religiosas”, mas sim rezar, e muito, especialmente, pela conversão dos pobres pecadores, que se atolam em pecados, principalmente nos pecados da carne.
 
Numa palavra, todos os santos, porque amaram a Jesus Cristo, esforçaram-se por santificar o mais possível o tempo de carnaval. Meu irmão, se amas também este Redentor amabilíssimo, imita os santos. Se não podes fazer mais, procura ao menos ficar, mais do que em outros tempos, na presença de Jesus sacramentado, ou bem recolhido em tua casa, aos pés de Jesus crucificado, para chorar as muitas ofensas que lhe são feitas.[3]
 
Acesse o blog da Nívea e agende um horário para a vigília de oração. Vamos nos recolher nestes dias infernais, que o mundo proclama com tanta pompa e farra.
 
—————
[1] Catecismo Maior de São Pio X. Capítulo V: Dos Domingos da Septuagésima, Sexagésima e Quinquagésima, q. 32.
[2] Idem, q. 33.
[3] Santo Afonso Maria de Ligório. O carnaval santificado e as divinas beneficências: Meditações: Para todos os Dias e Festas do Ano: Tomo Primeiro: Desde o primeiro Domingo do Advento até Semana Santa inclusive. Friburgo: Herder & Cia, 1921, p. 272-274.
 
Leia também:

Comentários ( 2 )

Deixe uma resposta