Braçadeira de Primeira Comunhão

12/01/2012 Costura 8 Comentários
Por Melissa Bergonso
 
Existem alguns costumes e tradições católicas que foram se perdendo com o tempo, como por exemplo, o uso do véu pelas mulheres dentro da Igreja e durante a Santa Missa e o uso das braçadeiras de Primeira Comunhão pelos meninos.
 
A braçadeira de Primeira Comunhão é o símbolo da pureza e da castidade para o menino, assim como o uso do véu é para a menina. Ambos devem ter sua alma pura e casta para receber Nosso Senhor pela primeira vez, em suas almas e em seus corações!
 
As braçadeiras podem variar em cor e estilo. As mais tradicionais são brancas e têm um laço de fita e um desenho do cálice com a hóstia ou com uma cruz, bordados sobre o tecido, que geralmente é de cetim.
 
communion_armband-amazon     communion_armband
 
Um dado importante que não deve passar desapercebido: a braçadeira de Primeira Comunhão deve ser usada sempre no braço esquerdo.
 
Veja, nas fotos abaixo, como as meninas ficam angelicais vestindo vestidos brancos e usando um véu sobre suas cabeças, e como os meninos ficam nobres vestindo terninhos e usando as braçadeiras!
 
irmaos-primeiracomunhao
Crédito da Imagem: http://www.etsy.com
Para motivos de ilustração, espelhei a foto acima para que a braçadeira ficasse do lado correto.
 
First_Communion_1949
Crédito da Imagem: http://en.wikipedia.org
 
Quando é que temos a oportunidade de ver fotos como essas?? Somente em retratos antigos… (espero que por pouco tempo!)
 
Há também a opção de fazer uma braçadeira tipo bracelete, com medalhas dos santos de devoção da criança costuradas sobre ela.
 
Você pode usar outras cores, além do branco, para confeccionar este tipo de braçadeira. Ei-las com seus respectivos significados:
  • Vermelha: em honra ao Sagrado Coração de Jesus;
  • Azul: em honra à Bem-Aventurada e Sempre Virgem Maria;
  • Branca: simbolizando a Pureza e a Inocência.
 
No caso, na foto abaixo, a braçadeira foi feita na cor azul em honra a Nossa Senhora.
 
Primeira Comunhão 087
Crédito da Imagem: Arquivo pessoal
 
Este último modelo de braçadeira é bem simples e fácil de fazer. É só comprar uma fita de cetim larga, medir e fechar na largura do braço e pregar as medalhas dos santos de devoção. Que ótima forma de “fardar-se” para Cristo no dia da Primeira Comunhão, não??
 
Espero que aos poucos possamos voltar às antigas tradições que tínhamos, tão ricas e cheias de significados! O mundo moderno suplantou muita coisa da nossa fé. Cabe a nós, agora, resgatarmos os tesouros da nossa Igreja, que ficaram no esquecimento por tanto tempo!
 
Salve Maria Santíssima!
 
Leia também:

Comentários ( 8 )

  • Meu irmão usou e ainda temos guardada… Assim como temos nossos véus brancos e algumas medalhinhas que recebemos no dia… as velas foram usadas conforme necessário. Belo artigo!

    • Que maravilha! Eu fiquei conhecendo essa tradição das braçadeiras há pouco tempo, na realidade, através de uma amiga. É uma pena que hoje em dia quase ninguém mais faz questão de voltar aos valores antigos de nossos pais e avós. São tradições tão ricas!! Vale a pena serem resgatadas!

      Obrigada!
      Fica com Deus e obrigada pela visita! Salve Maria!!

  • Olá Melissa, boa noite! estou fazendo a catequese de adultos e, com a Graça de Deus farei minha primeira Eucaristia na Pascoa de 2014. Pesquiso assuntos catolicos na net e achei seu site e li sobre as braçadeiras masculinas para primeira comunhão. Achei encantador e, como estou me tornando devoto de NS das Graças, gostaria de fazer uma Braçadeira em homenagem a Nossa Senhora das Graças. Vc tem, por acaso mais modelos ou uma foto mais de perto: tipo, posso apenas fazer uma “cinta” em torno do braço esquerdo com a medalha? sem a necessidade do laço? fico no aguado de mais dicas. Deus te abençoe! rodrigopitarello@hotmail.com

    • Olá, Rodrigo!

      Infelizmente, não possuo outras fotos. Sim, você pode fazer apenas uma faixa com uma fita de cetim de espessura larga, sem o laço, com a medalha de Nossa Senhora das Graças, em torno do braço esquerdo, como na última foto.

      Que Deus te cumule de graças e bênçãos!
      Salve Maria Imaculada!

Deixe uma resposta