Visita a Maria Santíssima

07/10/2011 Novenas e Orações Nenhum comentário
Santíssima Virgem Imaculada, Maria, minha mãe, a Vós que sois a Mãe de meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança e o refúgio dos pecadores, recorro hoje, eu que sou o mais miserável de todos. Aos vossos pés me prostro, ó grande Rainha e Vos dou graças por todos os benefícios que até agora me tendes feito especialmente por me haverdes livrado do inferno, por mim tantas vezes merecido. Eu Vos amo, Senhora amabilíssima e pelo amor que Vos tenho, prometo servir-Vos sempre e fazer quanto possa, para que de todos sejais servida. Em Vós, depois de Jesus, ponho todas as minhas esperanças, toda minha salvação. Aceitai-me por vossa serva, e acolhei-me debaixo do vosso manto, ó Mãe de misericórdia. E já que sois tão poderosa para com Deus, livrai-me de todas as tentações, ou impetrai-me forças para vencê-las até a morte. A Vos suplico o verdadeiro amor a Jesus Cristo; de Vós espero alcançar uma boa morte. Minha Mãe, pelo amor que tendes a Deus, rogo-Vos que me ajudeis sempre, mormente no último instante da minha vida. Não me desampareis, enquanto não me virdes já salva no céu, a bendizer-Vos e a cantar as vossas misericórdias, por toda a eternidade. Assim espero, assim seja.
(Santo Afonso Maria de Ligório)
*  *  *  *  *

Suplico-Vos, ó Maria, pela graça com que o Senhor quis estar tão estreitamente unido a Vós e Vós com Ele, que eu esteja, pela vossa misericórdia, com Ele e convosco, que o vosso amor esteja comigo e o cuidado de mim sempre convosco; que o sentimento das minhas necessidades esteja convosco e a vossa bondade sempre comigo; que a alegria da vossa felicidade esteja sempre comigo e a compaixão da minha miséria sempre convosco!
(Santo Anselmo)
____________________
Manual da Pia União das Filhas de Maria. 11ª edição. Edição da Federação da Arquidiocese de São Paulo, 1957, p. 225-226.

Deixe uma resposta