Santa Teresinha do Menino Jesus – Festa Litúrgica: 3 de Outubro (Rito Tridentino)

03/10/2011 Festas Litúrgicas dos Santos Nenhum comentário
santa teresinha2Maria Francisca Teresa Martin nasceu em Alençon (Orne) no dia 2 de Janeiro de 1873. Foi educada no seio duma família admiravelmente cristã, e fez os primeiros estudos nas beneditinas de Lisieux. Muito criança ainda, sentiu a sedução do claustro e, à força de instâncias e súplicas, obteve licença de entrar, com 15 anos apenas, no Carmelo desta cidade. Queria com a sua vida de imolação e sacrifício auxiliar os sacerdotes e missionários católicos. Tendo lido na Sagrada Escritura aquela palavra «quem for pequenino venha a mim», abandonou-se nas mãos de Deus com a singeleza inocente duma criança. Morreu no dia 30 de Setembro com 24 anos de idade, e foi canonizada em 1925. «Quero passar o meu céu a fazer bem à Terra», disse antes de morrer, e não se tem esquecido de cumprir a promessa. O seu culto espalhou-se prodigiosamente. A Santa Igreja declarou Santa Teresa do Menino Jesus Padroeira de todas as missões.
 

MISSA

 
Introito (Cant 4, 8-9): Vem do Líbano, esposa minha, vem do Líbano, vem. Feriste-me o coração, ó minha irmã, minha esposa, feriste o meu coração. Sl. Louvai, meninos, o Senhor; louvai o nome do Senhor. V. Gloria ao Pai.
 
Oração: — Senhor, que dissestes: Se não vos fizerdes como crianças não entrareis no reino dos Céus, dai que de tal modo imitemos a simplicidade e humildade da bem-aventurada virgem Teresa, que mereçamos alcançar a recompensa eterna. Vos que viveis e reinais.
 
Leitura do Profeta Isaías (66, 12-14): O Senhor diz: Eis que Eu farei correr sobre ela como que um rio de paz, e a glória das nações como uma torrente que inunda; sugareis o seu leite, aos seus peitos sereis levados, e acariciados sobre o seu regaço. Como uma mãe acaricia o seu filhinho, assim eu vos consolarei, e em Jerusalém sereis consolados. Vós o vereis, e folgará o vosso coração, e os vossos ossos retomarão vigor como a erva; e conhecer-se-á a mão do Senhor a favor dos seus servos.
 
Gradual (Mat 11, 25): — Dou-vos graças, ó Pai, Senhor do Céu e da Terra, porque escondestes estas coisas aos prudentes e aos sábios e revelas-te-las aos pequeninos. V. O Senhor é a minha esperança desde os dias da minha juventude.
 
Aleluia, aleluia (Ecle 39, 17-19). V. Frutificai como a roseira plantada à beira das águas e como o Líbano sacudi os vossos aromas. Desabrochai-vos em flores e perfumes como os lírios. Revesti-vos de graça e entoai um cântico e bendizei o Senhor nas suas maravilhas. Aleluia.
 
Continuação do Santo Evangelho segundo São Mateus (18, 1-4): Naquele tempo: Aproximaram-se de Jesus os discípulos, dizendo: Quem julgas ser o maior no reino do Céu? E Jesus, chamando um menino, pô-lo no meio deles, e disse: Na verdade vos digo que, se vos não converterdes e vos não tornardes como meninos, não entrareis no reino dos Céus. Todo aquele pois que se fizer pequeno, como este menino, esse será o maior no reino dos Céus.
 
Ofertório: — A minha alma glorifica o senhor e o meu espírito exulta em deus, meu Salvador, porque Deus olhou a humildade da Sua escrava e, pelo seu poder, fez em mim coisas admiráveis.
 
Secreta: — Que a oração da bem-aventurada virgem Teresa Vos apresente, Senhor, o nosso sacrifício, a fim de que Vos seja aceite pelos merecimentos daquela em cuja honra é solenemente oferecido. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.
 
Comunhão: — Tomou-a a seu cuidado e guardou-a como a pupila dos olhos. Como a águia, estendeu as asas, envolveu-a nelas e levou-a aos seus ombros. O Senhor foi o seu único guia.
 
Depois da Comunhão: —  Que estes sagrados mistérios, Senhor, nos abrasem no fogo daquele amor que levou a santa virgem Teresa a consagrar-se-Vos como vítima de expiação pelos pecados dos homens. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.
 
—————
Missal Quotidiano e Vesperal: por Dom Gaspar Lefebvre. Bruges, 1951, p. 1650-1652.
 
|| » Siga o blog Mulher Católica no Twitter e no FaceBook ou receba os artigos por Email « ||

Deixe uma resposta