Oração à Santíssima Virgem Maria

Nossa Senhora das Graças

Lembrai-Vos, ó piíssima Virgem Maria, que nunca se ouviu dizer que algum daqueles que têm recorrido à vossa proteção fosse por Vós desamparado. Animado de igual confiança, ó Virgem das Virgens e minha Mãe, a Vós recorro e, gemendo sob o peso dos meus pecados, me prostro a vossos pés. Não desprezeis, ó Mãe de Deus, a minha súplica, mas ouvi-me e atendei-me favoravelmente. Amém.

Memorare, o piissima Virgo Maria, non esse auditum a sæculo, quemquam ad tua currentem præsidia, tua implorantem auxilia, tua petentem suffragia esse derelictum. Ego tali animatus confidentia ad te, Virgo virginum, Mater, curro; ad te venio; coram te gemens peccator assisto. Noli, Mater Verbi, verba mea despicere, sed audi propitia et exaudi. Amen.

(Com indulgência de três anos de cada vez, e plenária uma vez por mês para quem a disser todos os dias nas condições ordinárias.)
____________________ 
Missal Quotidiano e Vesperal: por Dom Gaspar Lefebvre. Bruges, 1951, p. 991-992.