ASSIS III, algumas reflexões…

28/10/2011 Ecumenismo 4 Comentários
Por Melissa Bergonso
 
Mulher Católica em luto por Assis III
 
Dia 27 de outubro o blog Mulher Católica ficou de luto por causa de ASSIS III. Hoje, depois de passado o infeliz dia, quero apenas fazer algumas reflexões acerca desse [desgraçado] encontro.
 
Inacreditável como espezinham o Dogma “Fora da Igreja [Católica] não há Salvação”. Quando um pagão canta um hino para uma “deusa” dentro da Basílica Santa Maria do Anjos, o que se pode pensar?? O Santo Templo de Deus está sendo profanado debaixo dos olhos de quem o deveria manter imaculado e simplesmente se calam, consentem e ninguém faz nada. E tudo isso por conta de uma falsa paz que não vem de Deus, pois não é Ele a quem buscam. Respeito humano se tem de monte, mas e Temor ao Senhor?
 
São Jorge dizia que “os deuses pagãos são demônios e o único Deus autêntico é Cristo”, e as Sagradas Escrituras ensinam:
 
“Porque o Senhor é grande e digno de todo o louvor, o único temível de todos os deuses. Por que os deuses dos pagãos, sejam quais forem, não passam de ídolos; mas foi o Senhor quem criou os céus.” (Sl 95, 4-5)
 
Assim sendo, como podem permitir que se faça dentro da Casa de Deus homenagens a ídolos pagãos?? Se permitem “louvores” aos deuses pagãos, ou seja, aos demônios, a que tipo de paz almejam? Não é à paz de Nosso Senhor Jesus Cristo, com certeza.
 
Não podemos aceitar esses encontros de ASSIS, pois não se pode aceitar nem compactuar com aquilo que vai contra a Fé e contra o Magistério Autêntico da Igreja.
 
“Por isto costumam realizar por si mesmos convenções, assembleias e pregações, com não medíocre frequência de ouvintes e para elas convocam, para debates, promiscuamente, a todos: pagãos de todas as espécies, fiéis de Cristo, os que infelizmente se afastaram de Cristo e os que obstinada e pertinazmente contradizem à sua natureza divina e à sua missão. Sem dúvida, estes esforços não podem, de nenhum modo, ser aprovados pelos católicos, pois eles se fundamentam na falsa opinião dos que julgam que quaisquer religiões são, mais ou menos, boas e louváveis […].” (Pio XI, Mortalium Animos)
 
Infelizmente, por causa da “tolerância” e da “liberdade religiosa”, hoje tenta-se alcançar uma falsa paz, e é óbvio que essas tentativas sempre irão fracassar, pois a verdadeira paz vem somente de Deus e nunca poderá ser alcançada enquanto o mundo rejeitar Nosso Senhor.
 
“Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não vo-la dou como o mundo a dá. Não se perturbe o vosso coração, nem se atemorize!” (Jo 14, 27)
 
Jesus Cristo é o Príncipe da Paz. Enquanto desdenharem dEle e procurarem a paz que provém dos homens, este mundo jazerá no caos da violência, nas trevas do pecado e na obstinação da recusa a Deus.
 
Aos que ainda defendem o falso ecumenismo, recomendo que vejam este vídeo.
 
Sacratíssimo Coração de Jesus, venha a nós o Vosso Reino e sede nosso Amor!
Doce Coração de Maria, sede nossa salvação!

Comentários ( 4 )

  • É verdade, Melissa! Uma profanação dessas e ninguém diz nada, somente uns “gatos pingados” comentam, mas logo são tachados de “rad-trads”. Que tristeza! Como pode ser que católicos não percebam o abuso que é esse tipo de evento? Ah, mas dão todo tipo de desculpas, tentam de todo jeito defender o Papa como se católico não pudesse nunca criticar o Santo Padre… o que diriam esses católicos do Papa Alexandre, aquele que tinha mulher? É triste essa defesa cega. E Nosso Senhor, como fica? Quem O defende?

    Cansa ver esse pessoal tentando tapar o sol com a peneira. Será que eles acham bom que um hino a um demônio tenha sido entoado dentro de uma igreja? Hoje eu não duvido de mais nada, pois vêem o Papa JPII beijar o Corão e acham ruim quando se critica isso…

    Deus tenha misericórdia de nós!

  • Pois é, Andrea! Mas não precisa ser muito inteligente para ver que o que fazem hoje vai contra o que a Igreja sempre ensinou. Os documentos estão aí pra quem quiser ver e ler. A Mortalium Animos está disponível no site do Vaticano, não lê quem não quer. E não adianta dizer que a coisa “não é bem assim”. O Magistério da Igreja é muito claro, o problema é que hoje não se obedece mais o a Igreja SEMPRE ensinou e trocam os ensinamentos de sempre por novidades do mundo moderno. Os ensinamentos de Nosso Senhor são imutáveis, não importa quantos séculos se passem. Enfim, não sei quando vão perceber isso, mas espero que seja logo, pois o que está em jogo é a salvação de muitas almas!

  • Li recentemente em um site, não me lembro qual agora, que a paz passa por Fátima, e não por Assis, numa citação claríssima da aparição de Nossa Senhora de Fátima à três pastorinhos quando ela disse para que a Rússia fosse consagrada ao Seu Imaculado Coração, tendo assim o mundo um certo tempo de paz.

    Nossa Senhora não foi atendida, mas o ecumenismo foi (tem sido faz tempo)… só que o mundo não tem tido paz, e os erros da Rússia tem se espalhado pelo mundo. Erros estes que inclui a ideologia da igualdade… e o que é o ecumenismo senão a tentativa de igualar as crenças? Será que não se percebe qual tem sido o erro aqui?

    Não nos resta mais nada a não ser confiarmos em Cristo Nosso Senhor, que prometeu que “as portas do inferno não prevalecerão sobre ela.” Confiemos na ação do Espírito Santo sobre a pedra fundamental, pois que assim como o Pai enviou o seu Filho, assim o Filho a enviou.

    Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós!

Deixe uma resposta