O poder nefasto da televisão » Um mal passivo

Prezados leitores, Salve Maria!

Quero indicar um texto excelente, que foi traduzido pela Andrea Patrícia, do blog Maria Rosa. Pensem e reflitam sobre o que a televisão tem feito em suas casas e suas mentes, com tantas ideias imorais e conteúdos subversivos apresentados diariamente. 
Eu posso lhes afirmar: nós não precisamos de televisão, e também posso dar-lhes um testemunho de próprio punho: eu não assisto mais tv já tem um bom tempo e vou dizer, é a melhor decisão que já tomei na vida; a televisão não me faz falta alguma. É muito lixo que é jogado na nossa cabeça e que desvia nosso coração de Deus. A televisão nos assalta a alma, nos invade a mente, nos surrupia sobremaneira e nos destrói interiomente, pouco a pouco. E ela faz tudo isso ocupando nosso tempo que poderíamos usar com coisas úteis à nossa alma e agradáveis a Deus.

“Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou odiará a um e amará o outro, ou dedicar-se-á a um e desprezará o outro” (Mat. 6, 24) .
Quando contaminamos nossos olhos com os conteúdos televisivos, enlameamos nossa mente com as porcarias que nos são apresentadas pela tv. Com isso, vamos esterilizando nosso coração e matando nossa alma. Vocês já pararam para pensar por que é que a sociedade mudou tanto de alguns anos para cá?
[…]Nós somos diferentes, radicalmente diferentes, como uma sociedade do que éramos há 40 anos. O que nos trouxe a este ponto, a esta condição que todos nós estamos sofrendo hoje em dia?

Um dos fatores dessa mudança foi certamente a televisão. Idéias revolucionárias, pagãs e esotéricas inaceitáveis para a nossa mentalidade Católica foram implantadas em nossos costumes. A sociedade foi introduzida a uma forma diferente de ser, vestir, falar e agir – vulgar, igualitária e imoral, e os espectadores, sem entender, sem perceber que, gradualmente, a aceitou e mudou as suas próprias atitudes e valores. A reação normal de indignação, atenuada pela visão repetida e por situações sedutoras que glorificam a imoralidade e o comportamento anormal, estava entorpecida. Este processo gradual tornou aceitável o que era inaceitável há anos atrás.

Uma solução simples e sábia: Desligue[…]

Acessem o blog Maria Rosa e leiam o texto “O poder nefasto da televisão” na íntegra.
Fiquem com Deus!
Em Cristo,
Melissa Bergonso

Comentários ( 14 )

  • Salve Maria!
    Verdade!
    A televisão é um mal,algo totalmente desnecessário,mais uma contaminação nos dias de hoje.Mesmo pra quem quer “ver notícia”, basta comprar jornal. Quem quer se “distrair”, leia um bom livro. E por aí vai…A Irmã da qual lhe falo sempre me disse: “Alimenta-te do que te instrui”.

  • É, Giselle, a tv é verdadeiramente o mal dos séculos XX e XXI. E ultimamente ela tem bombardeado, sem dó nem piedade, até crianças com conteúdos imorais. Aí só nos sobra ver o que isso está produzindo: uma sociedade decadente, de valores, moral e costumes, totalmente sem Deus e pregada nos pecados da carne.

    Que Deus nos ajude! e que os bons cristãos se livrem dessa porcaria que adentrou nos lares “sem pedir licença” e virou o “ídolo adorado” do Lar, tomando o lugar de Nosso Senhor Jesus Cristo.

  • Tem o outro lado gente! Tem coisas boa sna tv tb, na realidade do Braisl temos a tv cultura.

    Tem os canais por assinatura, vejam esse comercial, isso n é ruim para criança nenhuma:

    E tem esse:

  • Giselle e uma pessoa que n tem acesso a net, revistas e n sabe ler ou n tem dinheiro para comprar livros, pq essas pessoas existem.

    Tem que selecionar o que vai ver, a tv cultura é pequena esperança.

  • Ana, algumas coisas podem até se salvar, mas a quantidade de porcarias que tem na tv é muito maior. É muito mais fácil a criança ter contato com algo ruim do que com algo bom. Se todas as programações para crianças fossem como o primeiro vídeo (bastante instrutivo e educativo – coisa rara de se ver), seria até interessante, mas infelizmente não é isso o que acontece :S A maioria dos desenhos incita a violência, a “igualdade” entre os sexos, inversão de valores, entre outras coisas. Eu ainda penso que não ter tv em casa é a melhor opção.

  • “(…) Salve cheia de Graça…O Divino Espirito Santo te cobrirá com a Sua sombra e darás à luz o Filho de Deus!

    Que se faça em Mim segundo a Sua Palavra…”

    Maria com seu Fiat remiu Eva e o Seu Amado Filho Remiu Adão…

    Obrigado pelo seu Blog e ser uma Serva de Jesus e Maria…

    Um Santo Advento na Paz e no Amor de Cristo…Que Ele permita que nos reencontremos todos, sem acepção de pessoas, na Gruta de Belém – Natal “

    Aproveito para informar, caso não veja inconveniente, que linkei o seu Santo Blog aos Sinais no Mundo. Se foi um insólito atrevimento o meu humilde perdão e retirarei. Obrigado pelo Pai, Filho e Espirito Santo.

  • Melissa, na tv Cultura n há um desenho que incite a violência ou outras coisas erradas. N há, pq eu assisti antes de deixar o Hudson.

    Só te falo uma coisa e falei no blogue da Andrea, educar é dificílimo, mas n podemos criar crianças isoladas do mundo. Temos que educá-las no mundo e ensinar a ter comportamento Católico em tudo, seja ao ver tv, dvd, cinema, shopping, teatro, museu, parque…..

  • Eu sei. Mas o que me preocupa são as ideias por detrás de algumas coisas que, à primeira vista, parecem inocentes. Você sabe, criança é muito suscetível a determinadas influências. E as imagens, grande parte das vezes, cumprem bem melhor o papel das palavras quando é para transmitir ideias e comportamentos…

  • Me considero um filtro exigente kkkkkkkk na Discovery Kids, avisam pra quê serve o desenho: desenvolver a capacidade de raciocínio, resolver problema, conviver em grupo … essas coisas, acho bem legal.

  • Além de todos estes colocados acima, outro ponto que vejo sobre a televisão é o fato de que não existe tempo para raciocinar sobre o que se esta mostrando.

    As informações e imagens que são jogadas ao telespectador são rápidas de tal modo que você não tem tempo para raciocinar sobre o que está sendo falado. Antes de você tentar analisar o que está sendo dito, outra notícia/informação/imagem é jogada, e assim não há tempo para processar nada, e o que sobra aos é telespectadores é serem obrigados a “engolir tudo o que vier”

    • Oi, Maria!

      Infelizmente, nenhum canal “católico” televisivo é bom. Na minha opinião, nenhum católico deveria ter televisão em casa. A televisão ocupa um espaço que deveria ser destinado à convivência familiar. Mesmo “canais católicos” tiram essa convivência, essencial para a harmonia do lar. Família sem tv é uma família feliz, que tem tempo para conversar, para se distrair juntos, para leituras e estudos, e, especialmente, para a oração. Coloque a tv no meio da família e tudo isso se perde, ou diminui consideravelmente… :-/

      Fica com Deus! Salve Maria Puríssima!

Os comentários estão fechados.