O Rosário, instrumento de salvação

A Santíssima Virgem revelou ao Beato Alano que, quando São Domingos pregou o Rosário, pecadores endurecidos foram tocados e choraram amargamente seus crimes, e até crianças fizeram penitências incríveis.
O fervor foi tão grande, por toda a parte onde ele pregava, que os pecadores mudaram de vida e edificaram todo o mundo por suas penitências.
Se vós sentis vossa consciência carregada de pecados, tomai o Rosário e rezai uma parte dele em honra de alguns dos mistérios da vida, da paixão ou da glória de Jesus Cristo.
Convencei-vos de que, enquanto estiverdes meditando e honrando esses mistérios, no céu Ele mostrará suas chagas sagradas ao Pai, tomará a vossa defesa e obterá a contrição e o perdão dos vossos pecados. Ele mesmo disse um dia ao Beato Alano: “Se esses míseros pecadores rezassem freqüentemente o Rosário, participariam dos méritos da minha paixão e Eu, como seu advogado, aplacaria a Justiça divina”.
Nossa vida é uma guerra e uma tentação contínuas, na qual não temos que combater inimigos de carne e de sangue, mas as próprias potências do inferno.
Armai-vos, pois, com a arma de Deus que é o santo Rosário. Esmagareis assim a cabeça do demônio e permanecereis inabaláveis diante de todas as suas tentações.
É por isso que o Rosário, ainda que considerado materialmente, é terrível ao demônio, e os Santos dele se serviram para expulsá-lo dos corpos de possessos, como testemunham muitas narrativas.
O Beato Alano atesta que livrou grande número de possessos colocando o Rosário em seu pescoço.
Santo Agostinho assegura que não há exercício mais frutuoso e mais útil para a salvação do que pensar freqüentemente nos sofrimentos de Nosso Senhor.
Santo Alberto Magno, mestre de São Tomás, soube por revelação que a simples lembrança ou meditação da paixão de Jesus Cristo é mais meritória ao cristão do que jejuar a pão e água todas as sextas-feiras de um ano inteiro, ou tomar a disciplina até o sangue todas as semanas, ou recitar todos os dias os cento e cinqüenta Salmos.
Ah! qual não será, em conseqüência, o mérito do Rosário que rememora toda a vida e paixão de Nosso Senhor?
A Virgem revelou ao Beato Alano que, depois do Santo Sacrifício da Missa, não há devoção mais excelente e mais meritória do que o Rosário, que é como que um segundo memorial e representação da vida e da paixão de Jesus Cristo.
O Padre Dorland conta que a Santíssima Virgem declarou ao venerável Domingos, cartuxo devoto do santo Rosário, que residia em Trèves no ano de 1481, que “todas as vezes que um fiel recita o Rosário com as meditações dos mistérios da vida e da paixão de Jesus Cristo em estado de graça, ele obtém plena e inteira remissão de todos os seus pecados”.
Ao Beato Alano, Ela disse: “Grande quantidade de indulgências foram concedidas ao meu Rosário, mas fica sabendo que Eu acrescentarei ainda muitas mais, aos que rezarem o terço em estado de graça, de joelhos e devotamente. E a quem nas mesmas condições perseverar nessa devoção, Eu lhe obterei no fim da vida, como recompensa por esse bom serviço, a plena remissão da pena e da culpa de todos os seus pecados”.
—————
MONTFORT, Luís Maria Grignion de. A eficácia maravilhosa do Santo Rosário. São Paulo: Artpress, 2000, p. 34-36.

Comentários ( 4 )

  • olá, Melissa
    essa imagem de N,SENHORA SE NÃO ME ENGANO É SENHORA DAS GRAÇAS? É LINDA, AO LADO TEM AS 15 ESTAÇÕES DE CRISTO.
    MUITO LENDA ESSA IMAGEM. E UMA DAS MAIS LINDAS DAS IMAGENS QUE CONHECIR

  • Olá, Salve Maria!

    Essa imagem é de Nossa Senhora de Lourdes. Ao lado são os 15 Mistérios do Rosário, os Gozosos, Dolorosos e Gloriosos. Essa imagem é uma das que eu mais gosto :) e traduz bem o que um cristão deve ter: devoção a Maria Santíssima e a meditação dos mistérios da vida de Jesus Cristo e de Nossa Senhora no coração.

  • olá melissa sou eu marilia, é que não consegui comentar com meu e-meil, me desculpe-me.
    desde quando conhecir este blogge essa imagem chamou -me atenção.
    a vida já eé um milagre, então pela fé somos curados. aconteceu ano passado final do 1 semestre estava esperando resultado dos meus exames de agulhas para detectar dois nódulos em uma mama , é antes de receber o resultado estava com muito medo de receber resultado de algum cancer nos nodulos,e entrei no meu quarto coloquei-me em silÊñcio com Deus,é conseguindo como tenho essa facilidade,entrei em total silencio entregando minha vida,que o que mais queria era viver e realizar sonhos de Deus,foi entregue. adormecir completamente, outro dia acordei,sentindo a presença de uma pessoa não era minha mãe era uma pessoa,pedindo meu coração… depois notei que um nodulo no meu seio tinha sumido completamente, e em junho fiz uma cirugia de outro nodulo benigno…. só tenho que agradecer a Deus , por dizer pra mim que está bem proximo de mim.

  • Olá, Marília, Salve Maria!

    Deus é muito bom para conosco. Deus permite que sejamos provados para que nossa fé se fortaleça, para que aprendamos a confiar nEle e para que nos purifiquemos dos nossos pecados. Os sofrimentos que Deus nos permite ou servem para nossa conversão ou para nossa santificação. Assim sendo, sofrimento não é maldição (como muitos acreditam), mas sim bênção. Isso pode soar ilógico, mas, levando em conta que os amigos de Jesus são presenteados com a cruz, devemos ficar alegres quando temos sofrimentos, porque eles nos indicam que estamos em companhia de Nosso Senhor.

    Fico feliz que você esteja bem.

    Fica com Deus!

Os comentários estão fechados.